Poemas no meio do caminho

Obra multimédia, interactiva e combinatória de Rui Torres. Motor textual, com som. Flash/Actionscript. [Ligação. Flash app. Imagens. pdf]


Colaboradores: Nuno F. Ferreira (programação), Luís Aly (texturas sonoras), Nuno M. Cardoso (voz), Luís Carlos Petry (imagens da v. horizontal) | 4t Premi Internacional “Ciutat de Vinaròs” de Literatura Digital | Trabalho também publicado na Electronic Literature Collection, Volume 2, DVD-ROM & Web [http://collection.eliterature.org/2/works/torres_poemas_caminho.html] | Disponível em CD-ROM com livro (Ed. UFP)


Ligação > http://telepoesis.net/caminho

rtorres caminho


Imagens (capturas de tela) de alguns momentos da combinatória (aleatória) na versão horizontal (animada em panorama interactivo) [uma entre quase infinitas possibilidades] >


Imagens (capturas de tela) de alguns momentos da combinatória (aleatória) na versão vertical (interactiva, não animada, com acesso dinâmico a listas de léxico [Ctrl + clique]) >

Poema-base, de Rui Torres > “um motivo / uma transcrição opaca do referente / um adágio obscuro e subtil / no meio do caminho: / para abraçar”

Poema-base, de Rui Torres > “um homem aquece o fruto da terra / entristecendo a cor pálida / do rumor / e estala mecanismos / celebrando o princípio / da máquina”

Poema-base, de Rui Torres > “cidade sem barro / endurece / e acorda – / em ti modelos / se herdam”

Poema-base, de Rui Torres > “cedo me procure a noite – / o melhor breu quer-se imaturo / e a planície canónica que / no texto se dilata / na eloquência do modo / sobrevive”

Poema-base, de Rui Torres > “e quebram-se os ovos / espalham-se as gemas amarelas / viscosas / dos ovos quebrados / na rede / e no mal irrecuperável / do atrás para sempre”

Poema-base, de Rui Torres > “um homem transporta consigo o fim do tempo / velozmente incendiando o ar / e em sua breve compreensão molecular / prefere / a ilusão do ritmo / ao som / do ruído”

Poema-base, de Rui Torres > “falsa tranquilidade / um fim de tarde / traz / crepúsculos são réplicas / de um momento preguiçosamente final / começa o dia”

Poema-base, de Rui Torres > “contra o exército dos homens / sobre as sepulturas / dos filhos do povo / se ergueu / murchando com a verdura”


Ligação para aquisição do livro com CD-ROM > https://edicoes.ufp.pt/


Ler tb >