E. M. de Melo e Castro: O artista e a sua coleção [Quinta da Cruz – Centro de Arte Contemporânea de Viseu, 25-03 a 07-08-2022]

E. M. de Melo e Castro: O artista e a sua coleção

Exposição que integra o Programa de Exposições Itinerantes da Coleção de Serralves. [Resumo. Ligações]


Fonte > https://www.serralves.pt/ciclo-serralves/2204-em-de-melo-e-castro-o-artista-e-a-sua-colecao

“A presente exposição homenageia o poeta, ensaísta e artista plástico E.M. de Melo e Castro (Covilhã, 1932 – São Paulo, Brasil, 2020), um vulto incontornável da Poesia Experimental Portuguesa que assumiu um papel fundamental na promoção da poesia visual a nível nacional e internacional. A mostra evidencia a relevância e abrangência do seu trabalho enquanto artista e dinamizador cultural, integrando um conjunto de obras da sua autoria e um núcleo de publicações e livros de artista pertencentes à sua ampla Coleção consagrada à poesia visual, que integra o fundo documental da Biblioteca da Fundação de Serralves desde 2003.”

São apresentadas obras de importantes figuras da Poesia Experimental Portuguesa como Ana Hatherly, António Aragão, António Barros, Fernando Aguiar e Salette Tavares; bem como uma seleção de obras e publicações de artistas internacionais como Augusto de Campos, Julio Plaza, Paulo Bruscky, Gerhard Rühm, Ian Hamilton Finlay, Henri Chopin, entre outros.

Esta exposição integra o Programa de Exposições Itinerantes da Coleção de Serralves que tem por objetivo tornar o acervo da Fundação acessível a públicos diversificados de todas as regiões do país.

Produção: Fundação de Serralves – Museu de Arte Contemporânea, Porto