O Poema-Performance Eletrónico «Big-Bang, Poesia!»

Performances no Contemporâneo II

Artigo de Sandra Guerreiro Dias sobre Gabriel Rui Silva. [Descrição. PDF]


Descrição >

Dados: Dias, S. G. (2024). O Poema-Performance Eletrónico «Big-Bang, Poesia!». Em N. Barros & E. Vilela (Eds.), Performances no Contemporâneo II (pp. 81–104). Porto; Faculdade de Letras da Universidade do Porto. ISBN: 978-989-9082-77-9

Resumo: Neste texto, contextualiza-se a obra do poeta e artista Gabriel Rui Silva na produção literária experimental em Portugal, nomeadamente na sua fase tecnológica dos anos 1980 em diante. Analisa-se, em seguida, com detalhe, a obra «Big-Bang, Poesia!» (1992), performance-poema eletrónico que teve lugar em Almada, numa tarde de outono, e que, entre outros, versa sobre os limites e desafios da sociedade tecnológica na sua relação com a escrita.

Palavras-chave: literatura portuguesa; literatura eletrónica; literatura experimental; performance.

URI: [link do repositório da UP disponível em breve]


Artigo (PDF) >


V(l)er tb


[Agradecemos aos organizadores do livro e à autora a autorização que permitiu disponibilizar esta obra no Arquivo Digital da PO.EX]