Palavras Partilhadas: Emancipação Estética da Poesia Visual Portuguesa e Brasileira

Artigo de Guilherme Paoliello publicado na Revista Barroco Digital. [PDF]


Descrição > Guilherme Paoliello, Palavras Partilhadas: Emancipação Estética da Poesia Visual Portuguesa e Brasileira, in: Revista Barroco Digital, nº 1, Agosto de 2021, pp. 104-119. https://www.revistabarroco.com.br/

Excerto da introdução > “O presente texto esboça uma avaliação do alcance de alguns conceitos desse autor [Jacques Rancière], tomando como referência concreta um determinado contexto de produção artística oriundo de regiões tidas como periféricas para uma narrativa hegemônica da história da arte. Para isso, colocarei em perspectiva a poesia produzida no Brasil e em Portugal, em movimentos que tiveram início por volta do final da década de 1950, atravessaram os anos 60 e 70 fecundando importantes desdobramentos desde então, genericamente denominados como poesia visual e aqui distinguidos como Poesia Concreta, no contexto brasileiro, e Poesia Experimental, no português. Além do fato de compartilharem um idioma e um conjunto de proposições em suas poéticas, a escolha desses dois movimentos se justifica pela sua quase sincronia, pela projeção que alcançaram para além de suas respectivas áreas de influência imediata e pelo volume e independência de sua produção crítica, concomitante à produção criativa.”

Ligação externa (PDF completo da Revista) > https://www.revistabarroco.com.br/barroco-digital-01/barroco-digital1.pdf