VEROUVIROVESTIR: o revestimento performativo da poesia experimental de Fernando Aguiar

VEROUVIROVESTIR: o revestimento performativo da poesia experimental de Fernando Aguiar

Exposição com objetos do Arquivo Fernando Aguiar referentes ao Núcleo de Performance. [Descrição. Fotografias]


Exposição patente na Capela da Faculdade de Belas-Artes da Universidade de Lisboa, de 21 de Outubro a 4 de Novembro de 2021, com curadoria de Germana Cavalcante.

Cartaz >

Descrição >

“Ao longo de 40 anos o artista, poeta e performer Fernando Aguiar reuniu em seu arquivo milhares de obras, de artistas portugueses e estrangeiros, sobre poesia experimental e/ou relacionadas a este movimento. Por tratar-se de um acervo multifacetado no que tange à produção de poetas experimentais, a exposição VEROUVIROVESTIR pretende mostrar ao público alguns objetos do Arquivo Fernando Aguiar referentes ao Núcleo de Performance, nomeadamente materiais e registos de apresentações do próprio Fernando Aguiar no seu período de maior produção performativa, compreendido entre as décadas de 1980 e 90. Será a oportunidade de (re)conhecer algumas das obras, documentos e registos que deram origem à maior coleção de Poesia Experimental em Portugal.” (Germana Cavalcante)

Fotografias >

(Cortesia de Fernando Aguiar)


Mais info @ https://www.belasartes.ulisboa.pt/verouvirovestir-o-revestimento-performatico-da-poesia-experimental-de-fernando-aguiar/


[Agradecemos a Fernando Aguiar a autorização que permitiu disponibilizar estas fotografias no Arquivo Digital da PO.EX]