A Poesia Experimental Portuguesa

E. M. de Melo e Castro, A Poesia Experimental Portuguesa

Texto escrito por E. M. de Melo e Castro para o catálogo da representação portuguesa de Poesia Experimental à XIV Bienal de São Paulo, 1977. [pdf]


Descrição > A Poesia Experimental Portuguesa. In: PO.EX: Textos teóricos e documentos da poesia experimental portuguesa [Org. Ana Hatherly & E. M. de Melo e Castro], pp. 9-12), seguido dos gráficos: “I – Poesia portuguesa”, com nota do autor: “Vide, com maior desenvolvimento, o livro «O PRÓPRIO POÉTICO», Edições Quiron, São Paulo (p. 13); “II – Valores concorrentes para a formação da Poesia Experimental”, originalmente publicado no Suplemento «Poesia Experimental» do Jornal do Fundão de 24-01-1965 (p. 14); e “III – O projecto construtivista”, in VISÃO/VISION (1961-1972) (p. 15); “Demarcação teórica da PO.EX” (pp. 26-27). Incluído, ainda, o catálogo das Obras em Exposição na XIV – Bienal de São Paulo (Grandes confrontos: Poesia Espacial) da Representação da Poesia Experimental Portuguesa (p. 258).


Ligação permanente > emmc_poexttdpep_p9-15_26-27_258_apoesiaexperimentalportuguesa.pdf


[Agradecemos a E. M. de Melo e Castro a autorização que permitiu disponibilizar este texto no Arquivo Digital da PO.EX]