Exercícios do olhar: Leituras das poéticas experimentais portuguesas da segunda metade do séc. XX

Exercícios do olhar: Leituras das poéticas experimentais portuguesas da segunda metade do séc. XX

Tese de Doutoramento de Sara Lacerda Campino sobre Poesia Experimental, António Aragão e Ana Hatherly. [Resumo. Ligação]


Autora: Sara Lacerda Campino [Orientação dos professores doutores Abel Barros Baptista, Golgona Anghel e Carlos Pereiro, Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa, Departamento de Estudos Portugueses, especialidade em Estudos de Literatura].


Palavras-chave: Poesia, Leitura, Século XX, Poesia Experimental, Poesia Visual, Experimentalismo, Visualidade, Materialidade, António Aragão, Ana Hatherly, Neovanguarda

Keywords: Experimental Poetry, Visual Poetry, Experimental practices, Visuality, Materiality, Neo-avant-garde


Resumo: A presente investigação pretende analisar obras da Poesia Experimental Portuguesa, iniciada na década de 1960, usando tópicos da visualidade que contribuam para uma reflexão alargada sobre esta produção no contexto interdisciplinar e internacional da Neovanguarda. O corpus de obras experimentais organiza-se em dois grupos para implementar métodos complementares de leitura, longitudinais e transversais, que recorrem a várias estratégias visuais. Um grupo tem um critério autoral e examina sobretudo publicações individuais de Poesia Visual de Ana Hatherly e António Aragão. O outro grupo privilegia afinidades processuais e temáticas utilizadas por diferentes autores do Experimentalismo. Como tal, este estudo tem como o principal objectivo perceber as implicações dos recursos materiais e visuais da Poesia Experimental portuguesa nos modos como as suas obras se dão a ler e a ver.

Abstract: The current research intends to analyze works of Portuguese Experimental Poetry, a movement initiated in the 1960s, using topics of visuality in order to enable a broader reflection upon this production within the interdisciplinary and international context of the Neo-avant-garde. The set of Experimental works is organized in two main groups to allow complementary reading methodologies, longitudinal and transversal, that make use of several visual strategies. One group is author-based and examines mostly individual editions of Visual Poetry published by Ana Hatherly and António Aragão. The other group is focused on specific procedural and thematic affinities shared by different Experimental practices. Therefore, the ultimate purpose of this study is to understand how material and visual resources used in Experimental Poetry widen the ways in which its own works offer themselves to the reader and to the viewer.


URI: http://hdl.handle.net/10362/111976