Exposição e debate “Cravos e Veludo” – Arte e Revolução em Portugal e Checoslováquia 1968-1974–1989 [Praga, República Checa, 29-04 a 29-09-2019]

Artistas portugueses e checos em diálogo(s), ligados pela arte e pela revolução. Na capital da República Checa. [Informações]


Com curadoria de Sandra Baborovska e Adelaide Ginga, a exposição “Karafiáty a samet / Umění a revoluce v Portugalsku a Československu 1968–1974–1989 [Cravos e Veludo / Arte e Revolução em Portugal e Checoslováquia 1968-1974–1989]” celebra a democracia e a liberdade de expressão conquistadas pelas revoluções dos dois países.

Serão apresentados trabalhos de artistas da antiga Checoslováquia: Adriena Simotová, Eva Kmentová, Jirí Kovanda, Petr Stembera, Jan Mlcoch, Milão Knízák, Jirí Kolár, Václav Havel, Júlio Koller, Lubomír Durcek, entre outros.

Os artistas portugueses representados são: Helena Almeida, Lourdes Castro, Ana Vieira, Ana Hatherly, Fernando Calhau, Manuel Alvess, António Barros, Silvestre Pestana, Alberto Carneiro, Ernesto de Sousa, Álvaro Lapa a José de Guimarães.

A inauguração será no dia 29 de Abril, na Galeria da Cidade de Praga (Galerie hlavního města Prahy), na Biblioteca Municipal da capital checa.

+ Info no site da Galeria (em checo) > http://ghmp.cz/vystavy/karafiaty-a-samet-umeni-a-revoluce-v-portugalsku-a-ceskoslovensku-1968-1974-1989/

Ler entrevista e outras informações @ > https://www.dn.pt/lusa/interior/artistas-portugueses-e-checos-celebram-revolucao-na-exposicao-cravos-e-veludo-10797751.html


No dia 30 de Abril às 19h, com a presença da Embaixadora de Portugal na República Checa, Manuela Franco, e do Embaixador da República Checa em Portugal, Petr Šelepa, haverá um debate com a presença de Álvaro Beleza, Diogo Cabrita, António Tavares, José Campelo, José Viegas e Paolo Barros Vale, em diálogo com Monika Pajerová e Martin Mejstřík.


V(l)er tb > Revolução, Intervenção, Liberdade: Visita guiada à Poesia Experimental portuguesa no Arquivo Digital da PO.EX