António Aragão (1921-2008), antena receptiva
Colóquio

Colóquio

os sinais são as evidências que permanecem sempre apontando

Universidade Fernando Pessoa, Porto (formato online, via Zoom), 22 e 23 julho 2021. Organização: Rui Torres


antónio aragão investigou a história, urbanismo, arqueologia e etnografia do Arquipélago da Madeira: qual a importância e atualidade dos seus estudos?

antónio aragão criou pinturas, desenhos, aguarelas, colagens, livros de artista, esculturas: que desafios para um entendimento da arte essas obras ainda levantam?

antónio aragão escreveu poemas, romances, contos, crónicas e teatro: qual a relevância desses textos para compreender a multiplicidade da literatura?

antónio aragão compôs obras caraterizadas pela espacialização, constelação e visualismo: qual o lugar do autor no contexto do experimentalismo literário?

antónio aragão trabalhou em simbiose com fotocopiadoras, computadores, vídeo e mostrou-se atento ao som e à performance: que estímulos na sua obra permitem pensar a sociedade mediada?

antónio aragão ensaiou crítica e teorização das artes: que nos dizem esses exercícios sobre o seu momento e que aspetos do seu pensamento ainda perduram?

antónio aragão organizou e dinamizou publicações coletivas, exposições, debates e intervenções: que marcas deixou a sua ação comunicativa?

antónio aragão envolveu-se na arte por correio e correspondeu-se com agentes da cultura e das artes do seu tempo: que rasto dessas interlocuções identificamos?

antónio aragão era um provocador e agitador de ideias: que nos ensina o seu espírito crítico sobre a importância de desviar (d)as normas?

antónio aragão escreveu a várias mãos com outros e influenciou artistas e poetas: quem se declara e se apresenta?


Os artigos resultantes das comunicações deste Colóquio serão publicados na secção Ensaios / Artigos da Revista TRANSLOCAL. Culturas Contemporâneas Locais e Urbanas (UMa-CIERL/CMF/IA), que terá como tema de capa “ANTÓNIO ARAGÃO, antena receptiva (1921-2008)”


Programa (brevemente disponível)

22 julho 2021 10h-12h

Sessão de Abertura

  • Nadine Trigo | Pró-Reitora do Desenvolvimento Institucional e Relações Internacionais da Universidade Fernando Pessoa
  • Américo Rodrigues | Diretor Geral das Artes, Ministério da Cultura da República Portuguesa
  • Rui Torres | Organizador do Colóquio: os sinais são as evidências que permanecem sempre apontando
  • Bruno Ministro | Curador da Exposição: um desejo inconcebível de abrir todas as portas
  • Isabel Santa Clara e Emanuel Gaspar | Organizadores das Evocações: a imaginação passa de espelho receptivo a operante
  • Carlos Valente | Curador da Exposição: Pensar Aragão

Conferência Inaugural

  • António Aragão, contador de histórias, Histórias, estórias e istórias | Bruno Ministro Instituto de Literatura Comparada Margarida Losa da Universidade do Porto

22 julho 2021 15h-17h30

um céu azul por cima e um pitoresco turístico em volta: história e etnografia [Apresentação e moderação por Judite de Freitas Universidade Fernando Pessoa]

  • para mim, eu meto o telescópio ao contrário, é olhar para dentro: O experimentalismo etnográfico de António Aragão | Diogo Marques Centro de Literatura Portuguesa da Universidade de Coimbra | Ana Gago Universidade Católica Portuguesa

ler é igual a ver e ver igual a ler: pintura e escultura [Apresentação e moderação por Eduardo Paz Barroso Universidade Fernando Pessoa]

  • António Aragão entre linhas, cores e volumes | Isabel Santa Clara Universidade da Madeira

novas morfologias: concretas e visuais

  • António Aragão e Herberto Helder: entre o experimentalismo e a experiência literária | Ana Cristina Joaquim Departamento de Teoria Literária da Universidade Estadual de Campinas
  • Breves apontamentos sobre a cor, o papel, o gesto, e o verbal em António Aragão | Wagner Moreira POSLING; Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais

23 julho 2021 10h-12h

qualquer coisa para comunicar: edição e difusão [Apresentação e moderação por Manuel Portela Universidade de Coimbra]

  • Lançamento de Livros de António Aragão pelas Edições do Saguão | Rui Miguel Ribeiro editor
  • Ana Salgueiro | Organizadora do número anual impresso da revista “TRANSLOCAL. Culturas Contemporâneas Locais e Urbanas”, que terá como tema de capa “António Aragão, antena receptiva (1921-2008)”

um certo convívio social e humano: correspondência e rede [Apresentação e moderação por Inês Cardoso Universidade do Porto]

  • Presença de António Aragão no Arquivo Fernando Aguiar de Poesia Experimental & Visual, Performance, Mail-Art, Fluxus e Arte Conceptual | Fernando Aguiar poeta e colecionador
  • Espólio literário de António Aragão na Universidade Fernando Pessoa | Rui Torres Universidade Fernando Pessoa

inter-acção: acto-mútuo de concordância criativa: diálogo e comunicação [Apresentação e moderação por Rui Torres Universidade Fernando Pessoa]

  • Responde agora a uma nova sedução: Possíveis rastos de António Aragão na criação de Herbert Vianna | Aurora Almeida de Miranda Leão Universidade Federal de Juiz de Fora

23 julho 2021 15h-17h30

forças semânticas imprevistas: poesia e prosa [Apresentação e moderação por Rosa Maria Martelo Universidade do Porto]

  • Um Buraco no Ovo: problemáticas da linguagem, em António Aragão | Sandra Guerreiro Dias Instituto Politécnico de Beja; Centro de Literatura Portuguesa da Universidade de Coimbra

o artista apenas oferece uma estrutura: estética e poética [Apresentação e moderação por Eunice Ribeiro Universidade do Minho]

  • Com licença, desarrumo-te o meu perfil: a mineração das palavras na poesia de António Aragão, Alberto Pimenta e Affonso Ávila | Rogério Barbosa da Silva Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais

atitude gostosamente polémica: intervenção e movimento(s) [Apresentação e moderação por Diogo Marques Centro de Literatura Portuguesa da Universidade de Coimbra]

  • António Aragão e a linguagem da sexualidade: acerca do título um buraco na boca para uma reflexão linguística | Helena Rebelo Universidade da Madeira; Universidade de Aveiro

a poesia deve ser tomada por todos os sentidos: tecnologia(s) e suporte(s) [Apresentação e moderação por Bruno Ministro Instituto de Literatura Comparada Margarida Losa da Universidade do Porto

  • António Aragão e as relações entre arte e tecnologia | Pablo Gobira Universidade do Estado de Minas Gerais; Universidade Federal de Minas Gerais

Comissão Científica

Diogo Marques (Centro de Literatura Portuguesa, Univ. Coimbra)

Duarte Manuel Freitas (Univ. Autónoma de Lisboa)

Eunice Ribeiro (Univ. Minho)

Inês Cardoso (Instituto de Literatura Comparada Margarida Losa, Univ. Porto)

Isabel Santa Clara (Univ. Madeira)

Manuel Portela (Univ. Coimbra)

Rogério Barbosa da Silva (CEFET, Minas Gerais)

Rosa Maria Martelo (Univ. Porto)

Rui Carita (Univ. Madeira)

Sara Lacerda Campino (Instituto de Estudos de Literatura e Tradição, Univ. NOVA Lisboa)


Call for Papers (arquivo): SOS_AntonioAragao2021.pdf