Descrição > Texto publicado em formato *.htm no CD-ROM de O Motor Textual (Pedro Barbosa & José manuel Torres, Porto, Ed. UFP, 2001), aqui publicado sem links [entretanto desactivados] e reformatado em texto simples para consulta e utilização do internauta.


Neste espaço o cibernauta poderá tomar um primeiro contacto com o gerador automático de textos «Sintext-W» (Sintetizador de Textos)

Visualize a geração automática dos 3 textos generativos aqui disponibilizados:

  • «Didáctica» (exemplo)
  • «Balada de Portugal» (extracto)
  • «Teoria do Homem Sentado» (fragmento)

Para tal bastará que o utilizador clique nos botões respectivos situados sob a 2ª janela de visualização; na 1ª janela poderá consultar o texto-matriz que os origina.  A velocidade de fluxo do texto poderá ser acelerada ou retardada por dois controladores; pode ainda optar pela execução dos textos em ciclo infinito numa criação contínua de novos sentidos.


A versão de demonstração aqui apresentada permite apenas algumas funcionalidades reduzidas.


I) Visualizar a geração automática de 3 textos generativos pré-instalados:

  • «Didáctica» (exemplo)
  • «Balada de Portugal» (extracto)
  • «Teoria do Homem Sentado» (fragmento)

O utilizador poderá desencadear a geração destes textos clicando simplesmente nos botões respectivos sob a 2ª janela de visualização; na 1ª janela poderá visualizar o texto-matriz que os origina.

A velocidade de fluxo do texto poderá ser acelerada ou retardada clicando nos dois controladores; pode ainda optar-se pela execução dos textos em ciclo infinito numa criação contínua de novos sentidos.


II) Facultar ao utilizador a criação do seu próprio texto generativo actuando nas janelas de visionamento com base num texto-matriz.

Elaboração do Texto-Matriz

O Sintext reconhecerá um texto-matriz desde que seja abrangido por uma etiqueta [texto["....."]texto]

Deverá ter-se em conta que cada texto generativo carece de ser pensado como um conjunto de CONSTANTES (que o Sintext identifica colocando qualquer "sintagma" simplesmente entre aspas) e um conjunto de VARIÁVEIS (que o Sintext identifica mediante a introdução de parênteses ["rectos"] abrangidos por novos parênteses [rectos] contendo de cada lado uma etiqueta simbólica indicadora da categoria gramatical pretendida).

Se as Constantes poderão assegurar a continuidade do eixo sintagmático, as Variáveis constituem o léxico a introduzir variacionalmente pelo programa segundo o eixo paradigmático: e assim se reconstituem os dois eixos basilares em que se articula a linguagem.

O exemplo mais simples de texto preparado pelo utilizador seria:

[texto["Olá: este é o meu" [adj[" primeiro "]adj][subst[" poema "]subst]"para ser gerado automaticamente."]texto]
[adj[" ultimo "]adj]
[subst[" romance "]subst]

A elaboração do texto-matriz obriga assim à etiquetagem interna de uma ou várias estruturas textuais, fornecendo-se depois o léxico correspondente à etiquetagem feita.

Para a elaboração do texto-matriz sugere-se a consulta do exemplo «Didáctica». Neste exemplo as etiquetas designam de forma abreviada a categoria morfológica correspondente a cada bloco de elementos verbais (eixo paradigmático). Estes elementos são introduzidos aleatoriamente pelo gerador textual dentro de estruturas sintácticas pré-definidas no texto-matriz (eixo sintagmático).


III) Finalmente, é ainda possível trabalhar com o «Sintext» associado a um Processador de Texto vulgar (Word, por exemplo).

A - Uma vez preparado no processador o texto-matriz e respectivo léxico, este poderá ser seleccionado, copiado e colado para a 1ª janela de visionamento (usar tecla de atalho: Ctrl+ V); depois será só clicar no botão <Gerar texto do Utilizador> para iniciar o seu funcionamento automático.

B - Inversamente, uma vez gerado automaticamente o texto completo, é possível seleccioná-lo na 2ª janela de visionamento colocando o cursor no início (Shift+ctrl+end), copiá-lo (Ctrl+C) e colá-lo depois (Ctrl+V) para o processador de texto, de forma a poder ser aí retrabalhado como qualquer texto normal.

Versão desenvolvida com o Internet Explorer 5.0; outros browsers podem trazer dificuldades no carregamento dos textos generativos aqui disponibilizados.