Descrição > António Aragão, ou a liberdade da invenção - Rogério Barbosa da Silva (In: Cibertextualidades, 7, "Estudos sobre António Aragão", org. Rui Torres, 2015. Porto, Ed. UFP, pp. 33-44)


RESUMO: O artigo propõe a realização de uma leitura crítica da poesia e do pensamento poético de António Aragão sob a perspectiva da invenção e da liberdade da criação estética, compreendendo as interfaces da arte poética com os media e as tecnologias disponíveis em seu próprio tempo. Alem disso, propõe-se demonstrar, a partir da trajetória de Aragão pelo viés da poética experimental, de que maneira o poeta exerce a consciência crítica no domínio da técnica criativa e em sua relação com o meio social.

PALAVRAS-CHAVE: António Aragão; Invenção e Liberdade da Arte; poesia Experimental; Mídia.


ABSTRACT: This paper proposes to perform a critical reading of poetry and the poetic thought of António Aragão from the perspective of invention and aesthetic autonomy of artistic creation, including the interfaces of the poetic art with media and technologies available in their own time. Furthermore, it is proposed to prove, from the history of Aragão by the experimental poetics, how the poet performs critical awareness in the field of creative art and its relationship with social environment.

KEYWORDS: António Aragão; Invention; Aesthetic Autonomy of Art; Experimental poetry; Media.



Ligação permanente > cibertextualidades7_33-44.pdf