Capa >

jorge-dos-reis 3movimentos capa


Descrição > Título: Três movimentos da letra: o desenho da escrita em Portugal | Autor: Duarte, Jorge Manuel dos Reis Tavares | Lisboa: Biblioteca Nacional de Portugal, 2012 | Descrição física: 3 vol. em caixa; 23,50 cm | ISBN: 9789725654675


Dados da Porbase [Biblioteca Nacional de Portugal] > Três movimentos da letra : o desenho da escrita em Portugal / Jorge dos Reis | AUTOR(ES): Reis, Jorge dos, 1971- | PUBLICAÇÃO: Lisboa : Biblioteca Nacional de Portugal, 2012 | DESCR. FÍSICA: 3 v. : il. ; 24 cm | BIBLIOGRAFIA: Contém bibliografia | CONTÉM: [1o v.], 1a pt.: Criação e normalização caligráfica. - 286 p. . - [2o v.], 2a pt.: Libertação e experimentação tipográfica. - 257 p. . - [3o v.], 3a pt.: Expressão e conceptualização da letra. - 306 p. | ISBN: 978-972-565-467-5 | DEP. LEGAL: PT -- 336973/11 | CDU: 655.26(469)"15/19"; 003.07(469)"15/19"; 7.05(469)"15/19"; 7.038.5(469)"15/19"


Resumo > Esta investigação pretende determinar as três áreas artísticas que fazem uso da letra:a caligrafia, a poesia tipográfica e as artes plásticas. Dentro de cada uma destas áreas seleccionam-se quatro autores que possam revelar as estratégias tipográficas e caligráficas aplicadas no processo de construção da obra e que permitam um entendimento do desenho da escrita em Portugal. A primeira parte denominada Criação e Normalização Caligráfica inicia-se com o estudo da evolução da escrita que conduzirá a uma estabilização de um conjunto de estilos caligráficos convencionados. Uma cronologia da caligrafia em Portugal permite fazer a transição para a caligrafia no nosso país onde são estudados os manuais caligráficos de Manuel Barata, Manuel de Andrade de Figueiredo, António Jacinto de Araújo e Joaquim José Ventura da Silva. Libertação e Experimentação Tipográfica constitui a segunda parte do estudo iniciando-se com uma análise gráfica e histórica da notação musical, permitindo a observação consequente da partitura primitiva do século IX em contraponto com a notação linguística da fonética. Enquadram-se um conjunto de cinco obras paradigmáticas da, denominada, notação tipográfica que irá permitir consolidar o conceito de poesia tipográfica aplicado a determinadas obras de Ernesto Melo e Castro, Salette Tavares, Américo Rodrigues e Manuel Portela. A designação Expressão e Conceptualização da Letra aplica-se à terceira parte da investigação que se inicia com um estudo em torno das primeiras utilizações da tipografia no campo das artes plásticas onde o cartaz servia de suporte para a sua visualização. De forma sequencial são três autores que vão consolidar a utilização da tipografia no universo das artes plásticas: Picasso, Klee e Duchamp. Este último vai despoletar, na época contemporânea, quatro conceitos de abordagem denominados stencil tipográfico, escrituralismo tipográfico, design tipográfico e luz tipográfica que serão aplicados na análise de um conjunto de obras de João Vieira, António Sena, João Louro e João Penalva.


Abstract > The objective of this research is to determine the three artistic areas making use of letters: calligraphy, typographical poetry and the fine arts. Within each of these areas, four authors have been selected who are capable of revealing the typographical and calligraphical strategies applied in the construction process of the work, giving an insight into the design of writing in Portugal. The first part, Títulod Creation and Calligraphical Standardization, begins with a study of the evolution of writing that will lead to the establishment of a group of standard calligraphical styles. A chronology of calligraphy in Portugal enables the transition to calligraphy in our country to be made, where the calligraphy manuals of Manuel Barata, Manuel de Andrade de Figueiredo, António Jacinto de Araújo and Joaquim José Ventura da Silva are studied. Liberation and Typographical Experimentation is the Título of the second part of the study. It begins with a graphical and historical analysis of musical notation, facilitating the subsequent observation of the early 9th century score in counterpoint to the linguistic notation of phonetics. Included are a group of five paradigmatic works of the so-called typographical notation, which will allow for the consolidation of the concept of typographical poetry as applied to certain works of Ernesto Melo e Castro, Salette Tavares, Américo Rodrigues and Manuel Portela. Expression and Conceptualization of Letters is the Título given to the third part. This begins with a study focusing on the first applications of typography in the field of fine arts, where the poster would serve as a support for its visualization. Sequentially, three artists will consoliData the use of typography in the world of fine arts: Picasso, Klee and Duchamp. The latter will trigger, during that era, four conceptual approaches known as typographical stencil, typographical writing, typographical design and typographical light, which will be applied when analyzing a collection of works belonging to João Vieira, António Sena, João Louro and João Penalva.


Ligação > http://livrariaonline.bnportugal.pt/Issue.aspx?i=2148