Descrição > Da transversalidade e da transgressão da autoria em António Aragão - Isabel Santa Clara (In: Cibertextualidades, 7, "Estudos sobre António Aragão", org. Rui Torres, 2015. Porto, Ed. UFP, pp. 45-52)


RESUMO: A formação teórica de António Aragão e a transversalidade dos seus interesses dão um cunho específico às suas práticas experimentais. procura-se analisar, recorrendo ao confronto com exemplos colhidos na sua obra, algumas questões respigadas nos seus textos de teor ensaístico, sobretudo as estratégias de questionamento da identidade e de despersonalização a que recorre. São abordadas a apropriação, a autoria colectiva, e a simbiose homem-máquina, enquanto formas de transgressão do conceito de autoria.

PALAVRAS-CHAVE: autoria; identidade; apropriação; tecnologia; experimentalismo.


ABSTRACT: The theoretical background of António Aragão and the transversality of his concerns give a particular twist to his experimental works, such as visual poetry and other writings. This paper analyses some ideas found in his essays about identity and depersonalization, and confronts them with his creative work. Appropriation, collective authorship, human-machine symbiosis are some of the strategies used by Aragão in order to transgress the boundaries of the concept of authorship.

KEYWORDS: authorship; identity; appropriation; technology; experimentalism.



Ligação permanente > cibertextualidades7_45-52.pdf