Descrição > A Sintaxe de António Aragão em Um buraco na boca. Análise de uma amostra - Helena Rebelo (In: Cibertextualidades, 7, "Estudos sobre António Aragão", org. Rui Torres, 2015. Porto, Ed. UFP, pp. 95-108)


RESUMO: Num plano interdisciplinar, a Linguística contribui para o estudo do texto literário. Isso tem sido testado em Um buraco na boca de António Aragão. Analisa-se, aqui, o reflexo do estilo do autor na construção frásica dessa narrativa. Através de uma amostra, procura--se ter uma visão geral de alguns parâmetros da sintaxe deste escritor experimentalista, que, subvertendo prescrições gramaticais, ganhou poder criativo. porém, parece ter optado por uma linearidade frásica globalmente simplificada. O que caracteriza, então, a sua sintaxe?

PALAVRAS-CHAVE: Um buraco na boca; Linguística; Estilística; Sintaxe; Frase.


ABSTRACT: In an interdisciplinary plan, linguistics contributes for the study of literary texts. This has been tested on A Hole in Mouth written by Antonio Aragon. We want to analyze here the reflex of the author’s style in the construction of this narrative. Studying a sampling of sentences, we try to get an overview of some syntax’s parameters of this experimentalist writer who, subverting grammatical prescriptions, won creative power. however globally he seems to choose a simplified sentence linearity. What, then, characterizes his syntax?

KEYWORDS: A Hole in the mouth; Linguistics; Stylistics; Syntax; Sentence.



Ligação permanente > cibertextualidades7_95-108.pdf