Natural de Almada, Gabriel Rui Silva (1956-) é licenciado em Filologia Românica pela Faculdade de Letras da Universidade Clássica de Lisboa, mestre em Estudos Portugueses Interdisciplinares pela Universidade Aberta, Lisboa, e doutorado em Literatura / Literatura Portuguesa pela Universidade Aberta, Lisboa.


Participou e organizou diversas exposições, individuais e colectivas, nacionais e estrangeiras, no âmbito da poesia concreta e visual. A performance e a instalação são áreas em que frequentemente se move, assim como a videoarte.


Obras principais > Co-organizou com Fernando Aguiar e exposição Concreta, Experimental, Visual, Poesia Portuguesa, 1959-1989 (Universidade de Bolonha). As principais exposições/performances incluem: Instalação: romance (Almada, 1986), As 24 Pedras (Lisboa, 1987), Big-Bang, Poesia! (Almada), Lembro-me perfeitamente de como tudo começou... (1988), Orbis sensualium scripturae (1988). Das suas obras publicadas, destaque para: Instalação: romance (Almada, 1986) e Big-Bang, Poesia! (Almada, 1993).