http://aimisola.net/hymiwo.po | álvaro seiça + sindre sørensen | cc by-nc-sa 4.0


aimisola


(HYMIWO.PO=HYmn+imMIgrant+WOmen.POem{HIno+iMIgrantes+MUlheres.POema})

/instruções de leitura/

pressiona as setas esquerda e direita.(e desorienta{os versos+-te})
o silêncio
move (a {s/t}ua leitura.avança+recua)
pressiona todas as setas.(e{lê+joga+}atravessa o poemecrã)
um jogo-linguagem-cena
e continua a leitura
escreve as #palavras no twitter
e lê-as de novo

/música/

"lighthouse" em "dig it to the end" (2011) de tonbruket
cortesia de tonbruket/act

/texto/

as versões espanhola e inglesa foram traduzidas por álvaro seiça
e revistas respectivamente por xiana sotelo e anna watson
anna watson contribuiu com alterações significativas na versão inglesa
os tweets estão a ser revistos em tempo real por tod@s @s escritor@s por aí fora   

/fonte/

aimisola.net/hymiwo.po nasce do projecto da acudeva "vozes de mulheres imigrantes"
uma wiki e conjunto de poemas colaborativos que se enraizam
no projecto socialmente empenhado
AIMISOLA (Atenção Integral para as Mulheres Imigrantes:
Itinerários Formativos para a Integração Social e Laboral) http://aimisola.net
e
"masurca fogo" (1998) de pina bausch e "carmen" (1983) de carlos saura
e