Ao longo das últimas décadas, Américo Rodrigues tem vindo a desenvolver um intrincado trabalho de exploração da voz em formatos ao vivo e gravados, promovendo o cruzamento entre o uso performativo do aparelho vocal e ambientes sonoros. Com um corpo de trabalho que se situa entre a música, a poesia sonora e a performance, a sua obra construiu um laboratório que renova e desafia os limites do poema sonoro, potenciando novos horizontes para a apresentação e consumo de poesia.

Nesta sessão dupla de visitas guiadas à exposição Verbivocovisual, Américo Rodrigues interpretará obras de Ernesto Melo e Castro, Salette Tavares, António Aragão, Ana Hatherly, José-Alberto Marques, entre outros.

Dias 2 e 3 de Março às 19h00, na Galeria Zé dos Bois, em Lisboa.