Gravação de Performance “O leitor compulsivo de alfabetos”, de Jorge dos Reis, na Galeria Diferença, Lisboa

Rui Torres deslocou-se a Lisboa com Ana Santos, Operadora de Câmara do LabTV da Universidade Fernando Pessoa, para fazer o registo audiovisual da Performance/Interpretação fonética dos poemas visuais de Salette Tavares, por Jorge dos Reis, com o título O leitor compulsivo de alfabetos.

Esta performance será posteriormente disponibilizada no Arquivo Digital da PO.EX, constituindo um importante contributo para a compreensão do potencial sonoro da literatura experimental portuguesa. Conforme explica Jorge dos Reis, “[p]artindo de um conjunto de poemas de Salette Tavares que servem de partitura para uma performance sonora, seleccionam-se obras que de modos diferentes permitem uma leitura gráfica e tipográfica. Analisa-se foneticamente o poema e a forma como ele serve de notação para a oralidade enquanto dispositivo sistemático da interpretação. O trabalho de Salette Tavares permite verificar que a ligação entre significado e significante, quando em perfeita sintonia, realizam um poema objectivo, perceptível por uma larga maioria. Uma manipulação informada da tipografia, com a qual revela verdadeira familiaridade, juntamente com uma personalidade literária extremamente apurada, faz de cada um dos seus poemas artefactos que comunicam directamente com o observador. Mais ainda, a dimensão fonética presente em cada um deles evidencia uma sonoridade interior que completa o poema”

Jorge dos Reis – Performance na Galeria Diferença, Lisboa

Comments are closed.