Signagens


Descrição > Data: 1985-1989 | Série de videopoemas realizados por E. M. de Melo e Castro na Universidade Aberta de Lisboa. Nestes videopoemas o autor trabalha simultaneamente o texto létrico e as formas sintéticas não létricas, geradas no computador, com os mesmos processos tecnológicos, específicos do vídeo, através da cor, do movimento e da sobreposição e da transformação, criando sequências de legibilidade variável mas de características estéticas evidentes.


Conteúdos >


Fontes do texto (6'19") >


Sete setas (1'50") >


Um furo no Universo (2'01") >


Come fome (2'47") >


Hipnotismo (1'28") >


Rede teia labirinto (3'51") >


Ponto sinal (5'01") >


Polígono pessoal (4'21") >


Poética dos meios (10'05") >


Escrita da memória (6'07") >


Objectotem (3'14") >


Concretas abstrações (2'30") >


Ideovídeo (7'42") >


Infografitos (5'25") >


Metade de nada (6'35") >


Diazulando (4'44") >


Vibrações digitais de um protocubo (6'01") >


Ler tb >


[Agradecemos a E. M. de Melo e Castro a autorização que permitiu disponibilizar estas obras no Arquivo Digital da PO.EX]