POesia EXperimental - Termo proposto por E. M. de Melo e Castro para enquadrar as actividades de autores portugueses ligados à poesia visual, sonora e concreta dos anos 1960 a 1980.

Título Created Date
O experimentalismo como invenção, transgressão e metamorfose 26 setembro 2016
O experimentalismo poético em Portugal 27 maio 2006
O hibridismo nas artes performativas em Portugal 12 janeiro 2007
O idêntico inverso ou o lirismo ultra-romântico e a poesia concreta 17 setembro 1959
O Po-ex.net, Arquivo Digital da Literatura Experimental Portuguesa: Uma Recensão 18 março 2014
O signo da invenção na poesia concreta e noutras poéticas experimentais 27 maio 2006
Obrigatório não ver [Resumo] 25 maio 1978
Palavra - Imagem: a Poesia Portuguesa Contemporânea 26 dezembro 1997
Palavra e pintura em trocas de papéis. Concretismo, experimentalismo e artes plásticas em Portugal 25 outubro 2013
PO-EX: a poética como acontecimento sob a noite que o fascismo salazarista impôs a Portugal 03 setembro 2014
PO.EX Internacional [Cartas] 30 maio 1980
PO.EX/80 [Excertos do Catálogo] 30 maio 1980
PO.EX: Textos teóricos e documentos da poesia experimental portuguesa [Recensão crítica] 26 dezembro 1983
PoemActo 26 dezembro 1999
Poemas-in-visíveis 26 dezembro 1965
Poesia experimental - Suplemento do «Jornal do Fundão» 24 janeiro 1965
Poesia Experimental 1 [Introdução] 26 dezembro 1964
Poesia experimental e ciberliteratura: Por uma literatura marginal izada 26 maio 2007
Poesia Experimental Portuguesa, Coleção da Fundação de Serralves [António Barros] 16 janeiro 2014
Poesia luso-brasileira contemporânea: Do verbo ao pixel 29 julho 2010